domingo, 4 de setembro de 2016

Seu futuro será determinado pelas teclas que você digitar

video
UMA OPORTUNIDADE DE DECIDIR O FUTURO DA CIDADE POR 4 ANOS.

Estamos vivendo o momento mais crítico de credibilidade na política. Isso se deve pela escolha errada do povo na hora de votar.
Você pode dizer que nenhum político vem com uma placa na testa escrita : SOU HONESTO. É verdade, ninguém usa esse indicativo, porém cada pessoa tem uma historia.
Antes de votar, pense nas motivações que te leva a votar em determinado candidato,
Muitos votam porque a pessoa lhe fez um favor, outros votam por ser amigo, ainda que saiba que não vai fazer nada. Outros votam porque trocaram seu voto, e sabe o que é pior? No dia da eleição muitos candidatos vão distribuir pequenos valores ou favores em troca do voto e depois o povo vai amargar 4 anos sem representatividade.
Recentemente um cidadão se dispôs a votar em mim, só queria que eu abastecesse seu carro e garantiu o voto. Perguntei a ele quais os problemas de seu bairro precisava de intervenção para obter solução. Ele relacionou alguns problemas e perguntei quantos litros de combustível seriam necessário para resolver os problemas do seu bairro. Sinceramente pedi a ele que não votasse em mim. O Voto tem que ser consciente e visando o bem comum de todos.
Há ainda aqueles que votam em candidatos que já estão no mandato a 4, 8, 12 anos e não fizeram absolutamente nada e agora estão dizendo que vão fazer.
Vejamos algumas dicas que podem ajudar na hora de votar:
1 - Conheça o passado do candidato: procure ver quem ele é, o que fez na sua vida profissional. As vezes ele é melhor naquilo que faz do que na política. Conheça a atuação que trouxe benefícios a comunidade.
2 - Qual sua experiência na vida pública: Tem candidatos que não fazem a mínima noção de como funciona o executivo ou o legislativo. Não sabem se quer as atribuições do cargo a que se candidatou.
3 - Qual a formação do candidato: Tem candidato que se apresenta e não tem formação para elaborar um projeto de lei, um despacho, um documento, mas por ser popular em sua comunidade será eleito e não conseguirá realizar um bom mandato.
4 - Qual base o candidato representa: Todo candidato deve representar um seguimento, a ideologia que defende, a plataforma política do seguimento que representa. Ser candidato não é concorrer a uma vaga de emprego, mas é se dispor a representar a comunidade que está votando
5 - Se o candidato já exerceu o mandato e é candidato a reeleição: Procure conhecer todos os projetos que apresentou e quais aprovou. Aprovar projetos é fundamental para um legislador. O tipo de projeto também é importante. Qual o beneficio esse projeto trouxe a comunidade e a abrangência de beneficiados.
6 - Procure saber qual o partido ou coligação o candidato está concorrendo: Esse é um tema complicado, mas é fundamental entender para que seu voto não seja usado para eleger alguém que você não gostaria de ver na Câmara de Vereadores. Sim, se o seu candidato não for o mais votado ou um dos mais votados, com certeza você elegerá quem não quer. Por outro lado, seu candidato pode ser o mais votado e não ser eleito. por isso procure entender o processo. Converse com alguém e tire suas duvidas sobre o assunto.
Espero que essas dicas ajude na sua decisão e no dia 02 de outubro exerça a cidadania votando consciente. 
ENTÃO DIGITE OS NÚMEROS CORRETOS E CONSCIENTE OU VOCÊ TERÁ 04 ANOS PARA SE QUEIXAR DOS POLÍTICOS, MAS NÃO ESQUEÇA QUE A ESCOLHA FOI SUA.